CLT: saiba como obter a Carteira de Trabalho Digital e como utilizá-la


Assim como tem acontecido com diversos documentos essenciais em nosso dia a dia, a tradicional Carteira de Trabalho também deixou de ser emitida de maneira física. Desde 2019, tal documento só pode ser solicitado, gratuitamente, por meio da plataforma https://www.gov.br/pt-br/servicos/obter-a-carteira-de-trabalho ou pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS.

Ou seja, qualquer pessoa, que tenha no mínimo 14 anos e seja inscrita no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), pode fazer a solicitação da Carteira de Trabalho Digital sem sair de casa. Atualmente, mais do que nunca, realizar quaisquer coisas remotamente é algo bastante desejado por todos, já que estamos em meio a uma pandemia e os brasileiros que vivem no país ainda foram vacinados contra o coronavírus.

Prática, segura e com todo o histórico do trabalhador disponível de forma digital, a Carteira de Trabalho Digital é obtida após o cumprimento de algumas etapas. A saber:

- Ter um CPF e se cadastrar no site https://cutt.ly/FhSAFoT;

- Fornecer o nome completo do próprio trabalhador, data e local de nascimento, além do nome completo da mãe. Depois, o usuário vai ter que preencher um formulário com perguntas relacionadas à sua trajetória de trabalho. Então, uma senha temporária será gerada.

Depois de todos esses procedimentos, a Carteira Digital de Trabalho estará disponível no link https://servicos.mte.gov.br/ ou pelo aplicativo citado no primeiro parágrafo do texto.

Quando utilizar a Carteira Digital de Trabalho?

A Carteira de Trabalho Digital possui as mesmas informações que o antigo modelo físico - histórico profissional, salário, registro de férias, etc. Por meio deste documento online, o trabalhador também pode solicitar seguro-desemprego, o abono salarial e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, destinado a trabalhadores que tiveram contratos suspensos ou reduções salariais por causa da pandemia de coronavírus.

Na hora da contratação, o colaborador só necessita informar o CPF à empresa para ser registrado em carteira. Além disso, a assinatura do documento também é feita digitalmente, por meio da plataforma eSocial.

Antes de o empregado começar a trabalhar, a empresa deverá registrar o evento S-2200 (Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador) no eSocial. Depois disso, o funcionário terá que esperar até 48 horas para ter acesso ao contrato de trabalho em sua Carteira Digital.

A Carteira de Trabalho Digital é mais uma medida que facilita o dia a dia dos empreendedores e colaboradores brasileiros. Como explicamos neste post, é um documento muito fácil de ser solicitado, obtido e acessado. No entanto, em caso de outras dúvidas não respondidas no texto, não deixe de consultar a Prime Contabilidade!

13 visualizações0 comentário
logo site vs 2.png

+55 (11) 3170-1313

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone YouTube